Abaixo temos vários defeitos relacionados com o circuito vertical dos televisores.

VERTICAL FECHADO COM SOM

  1. Veja se o TV não tem chave de serviço e se a mesma não está fora da posição;
  2. Veja se o CI de saída não está muito quente ou com um furo ou queimadura no corpo. Veja abaixo:

Meça a tensão nos pinos de +B do CI de saída V - Alguns CIs têm dois pinos de +B, outros têm três. Entre os dois pinos de +B mais altos costuma ter um diodo ligado. Veja abaixo:

Se não chegar +B no CI, teste os diodos e resistores da fonte de fly-back que alimenta o CI.

  1. Se o resistor de baixo valor ou o diodo da fonte que alimenta o CI está queimado – Devemos ver se o CI não está queimado (em curto) da seguinte forma: Em X1 meça nos dois sentidos cada pino de +B e o pino de saída com o terra. Veja abaixo:

O ponteiro deflexiona mais num sentido e menos no outro. Se o ponteiro deflexionar nos dois sentidos, o CI está em curto.

  1. Se tiver +B no CI de saída, meça a tensão no pino dele que vai para a BDV – Devemos encontrar metade do +B. Se tiver esta tensão, o CI de saída e o faz tudo estão funcionando, e o defeito será em algum capacitor comum ou eletrolítico ligado no CI de saída. Veja abaixo este teste:

Se o pino de saída não der metade do +B – Devemos testar todos os resistores, diodos, a BDV, trocar o CI de saída e os eletrolíticos ligados nele. Se estão normais, o defeito deve ser no oscilador vertical que está no CI faz tudo.

  1. Meça a tensão no pino de entrada do CI de saída V ou use o frequencímetro – Se não tiver tensão ou sinal chegando nele, o defeito está no CI faz tudo. Veja abaixo como deve ser feito:

  1. Meça o pino de +B do faz tudo para os demais circuitos (VCC) – Se não tiver tensão, teste os componentes relacionados com este +B. Veja abaixo:

  1. Se o +B do faz tudo está normal – Veja a tensão nos pinos VRAMP e VOUT. Se estiverem erradas, o faz tudo pode estar com defeito ou alguma peça ligada num destes pinos. Veja abaixo:

VERTICAL FECHADO SEM SOM

Em alguns TVs, a linha não ocupa os cantos da tela. Meça a tensão no pino de +B do CI faz tudo para os demais circuitos (VCC). Se não houver tensão, teste os componentes da fonte de fly-back que alimenta este pino (alguns TVs têm um regulador de 9 V). Experimente dessoldar este pino para ver se o +B aparece na trilha. Se aparecer, o defeito é no CI faz tudo (em curto internamente). Se houver cerca de 9 V no pino VCC, a solução será fazer a troca do CI faz tudo. Veja abaixo:

FALTA DE ALTURA

Meça os +B no CI de saída V e no CI faz tudo (VCC). A seguir teste todos os resistores que fazem parte do circuito de saída V, especialmente aquele de baixo valor em série com a BDV. Meça a tensão e teste os componentes no pino VRAMP do faz tudo. Troque os eletrolíticos da saída V e por último o CI de saída. Veja abaixo alguns destes procedimentos:

FALTA DE LINEARIDADE

Este defeito deixa a imagem esticada num setor da tela e achatada em outro setor. Ex: achatada em baixo e esticada em cima ou vice-versa. Trocaremos os eletrolíticos ligados no CI de saída vertical, provavelmente resolverá o defeito. Caso contrário testaremos os resistores e o trimpot que controla a linearidade, caso o TV o possua. Veja abaixo:

VERTICAL FECHADO PELA METADE

Este defeito pode ocorrer (mas é raro) nos CIs de saída que possuem dois pinos de entrada. Se tiver um frequencímetro, meça a freqüência nos dois pinos de entrada do CI de saída V. Se indicar cerca de 60 Hz em ambos os pinos, o defeito é no CI de saída, daí basta conferir os +B e trocá-lo. Se indicar 60 Hz em apenas um pino de entrada, teste os componentes ligados no pino que não tem os 60 Hz. Estando normais, o defeito é no faz tudo (que neste caso tem duas saídas Vout + e Vout -). Porém antes de trocar o CI faz tudo, tente entrar no modo de serviço do TV, que às vezes corrige o defeito. Para entrar neste modo é necessário dispor do manual técnico do televisor em conserto. Se não tiver frequencímetro, meça a tensão contínua nos dois pinos de entrada do CI de saída V. Devem estar próximas. Se houver tensão num pino e não no outro, teste os componentes do pino sem tensão e estando tudo bom, o defeito é no faz tudo ou modo de serviço. Veja abaixo:

VERTICAL FECHADO – LINHA ONDULADA

Este defeito é causado pela bobina defletora vertical (BDV) aberta ou o conector com mau contato. Veja abaixo:

LINHA BRANCAS NA PARTE SUPERIOR DA TELA

O primeiro procedimento é a troca dos eletrolíticos em volta do CI de saída vertical, especialmente o de 100 µF ligado no 2° pino de +B de 24 V. Este é o mais provável devido ao fato de estar perto do dissipador do CI. Também pode ser causado pelo CI de saída vertical. Veja abaixo: